A pedido de SC, Justiça terá que gravar em vídeo audiências em todo o país

31/03/2021 09:30:13



O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) atendeu a uma proposição da OAB de Santa Catarina e determinou que todos os atos processuais passem a ser gravados em vídeo no Brasil - sejam eles presenciais, ou virtuais. O pedido da OAB ocorreu na esteira de episódios que ocorreram na Justiça catarinense no ano passado e tiveram grande repercussão, como o caso Mari Ferrer.


Os questionamentos feitos à influencer durante audiência de um processo em que ela era a vítima, levou a representações contra o advogado, o promotor e o juiz. A sessão foi gravada porque o Estado adotou audiências virtuais devido à pandemia – mas essa não era a prática para todos os processos. 


Em Santa Catarina, a gravação é praxe em processos que tramitam de forma virtual. Mas, na Justiça do Trabalho, as audiências não são registradas na íntegra.


A proposição para obrigatoriedade das gravações foi apresentada pelo presidente da OAB-SC, Rafael Horn, e  aprovada por unanimidade pelos 15 conselheiros do CNJ. A gravação passa a ser obrigatória para todos os tribunais do país.


A relatora, conselheira Flávia Pessoa, avaliou que “o aperfeiçoamento de serviços judiciários perpassa pela necessária observância dos princípios da celeridade e efetividade processual, e a edição de ato normativo para determinar gravação de atos processuais vai ao encontro do aperfeiçoamento da prestação jurisdicional em harmonia com aqueles princípios constitucionais”.


Fonte: https://www.nsctotal.com.br/colunistas/dagmara-spautz/a-pedido-de-sc-justica-tera-que-gravar-em-video-audiencias-em-todo-o-pais






SINDICATO DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE SANTA CATARINA

Rua Silveira de Souza, nº 60 - CENTRO
Florianópolis - Santa Catarina. Cep: 88020-410



2019 SINDOJUS / SC | Todos dos Direitos Reservados