Falta de orçamento inviabiliza data-base, diz TJSC

16/05/2016 19:09:17



Levando como justificativa a crise econômica do País e como consequência, a queda na arrecadação no Estado, aAdministração do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) não concederá reajuste inflacionário aos servidores do Judiciário, pelo menos até incremento na arrecadação, conforme proposta do Juiz assessor da presidência, Alexandre Morais da Rosa, que coordenou a reunião junto com a equipe da Diretoria de Orçamento e Finanças (DOF), sob a supervisão do desembargador, João Henrique Blasi, presente da reunião, realizada hoje (16).

A categoria reivindica o pagamento da reposição integral das perdas salariais referentes aos últimos 12 meses, que segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechou com o porcentual de 9,28% no período.

Diante da negativa, o SINJUSC impetrará ainda hoje pedido de reconsideração do pagamento integral dos 9,28%, além de iniciar no final deste mês, a realização das assembleias regionais  e posteriormente, uma assembleia geral, conforme deliberado na AGE de Chapecó.

Além do TJSC e Direção do SINJUSC, participaram da reunião, dirigentes do Sindojus-SC, ASTJ, Associação Catarinense dos Oficiais da Infância e Juventude, AESC, ATJ e Acaspja.

Os desdobramentos da reunião e ações que o sindicato irá adotar serão publicados até o final do dia. 

Fonte: Sinjusc






SINDICATO DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE SANTA CATARINA

Rua Silveira de Souza, nº 60 - CENTRO
Florianópolis - Santa Catarina. Cep: 88020-410



2019 SINDOJUS / SC | Todos dos Direitos Reservados